Entenda o que é shaft e quais são os seus tipos

Shaft é uma ótima solução para a construção civil, principalmente para edificações verticais, e é muito aplicada em ambientes comerciais e residenciais. Ela é um material construtivo que possui diversas variações e pode ser aplicado de muitas maneiras, dependendo do objetivo desejado.

A seguir, entenda o que é shaft, quais são os seus tipos e a aplicabilidade ideal para cada um deles. • O que é shaft? É uma abertura vertical na alvenaria por onde passam as instalações essenciais de qualquer construção, como tubulações hidráulicas, elétricas e até ar condicionado, e serve para disfarçar todas essas tubulações e tornar o ambiente esteticamente mais agradável. Além disso, ele facilita o trabalho de manutenção futuramente.

Geralmente, o shaft é instalado em banheiros e cozinhas, os cômodos mais estratégicos para reunir as tubulações. A abertura pode ter uma porta dobrável para facilitar o acesso à tubulação e pode ser coberta por um painel de gesso acartonado resistente à água para tornar ainda mais discreto, já que o shaft cria uma saliência no ambiente que pode gerar desconforto visual ou prejudicar a funcionalidade do espaço.

Para que serve? O shaft serve principalmente para reunir o sistema hidráulico e hidrossanitário de uma edificação, os quais devem contar com manutenções periódicas para evitar problemas e prejuízos. Além disso, ter um shaft facilita muito esse processo de manutenção, já que não será necessário quebrar diversas paredes para encontrar cada tubulação, o que custa caro e quase impede o uso do espaço. Dessa forma, com o shaft, o profissional consegue observar de maneira mais fácil o encanamentos ou sistema elétrico e agilizar o reparo, tornando o processo de acabamento também mais simples e rápido. Tipos de shaftShaft em EPS Também conhecido como polietileno expandido ou Isopor, esse material é um plástico rígido obtido a partir da polimerização do estireno em água. Como resultado, pérolas de até 3mm de diâmetro, que se expandem de forma natural. Por ser facilmente cortado, o shaft de EPS se adequa muito bem aos ambientes, além de não precisar de chapisco, o que facilita muito o processo, já que o acabamento pode ser aplicado diretamente sobre a superfície do shaft. Além disso, esse material também contribui para o combate aos fungos, já que o EPS não propicia a proliferação desses seres vivos. Dessa forma, o shaft pode tranquilamente ser aplicado em banheiros e cozinhas, ambientes úmidos, sem maiores preocupações.

Shaft Drywall O drywall é um método construtivo composto de elementos de gesso com estrutura de aço. Na construção, ele pode ser coberto com papel carbonato, o que possibilita uma grande variedade de espessuras. Além disso, o drywall é comumente utilizado como substituto das paredes de alvenaria tradicionais, já que as placas de gesso garantem um bom isolamento térmico e acústico. Como shaft, agilizam a construção e a tornam mais leve.

Shaft modular Esse tipo de shaft é constituído de concreto e pode ser aplicado em diversos contextos. A sua instalação é simples, utilizando argamassa colante e dispensa etapas da alvenaria convencional, como reboco e chapisco. O shaft modular também possui alta resistência, evita desperdícios e improvisos durante a obra.

Shaft alvenaria convencional Esse é o método mais tradicional: utilizar a própria alvenaria da obra para construir a abertura vertical. A maior vantagem dessa escolha é a facilidade de encontrar mão de obra capacitada para executar o serviço. Entretanto, não é o tipo mais indicado para grandes construções, já que não responde de forma objetiva ao problema do quebra-quebra durante as manutenções.

Onde é utilizado? Além de ser comumente usado em banheiros e cozinhas, ambientes que apresentam elementos hidráulicos, o shaft também pode ser aplicado em outros cômodos. Em prédios de comunicação, por exemplo, podem ser usados para passar cabos de internet e telefone.

Sendo assim, é um elemento muito importante para a construção, que gera menos dor de cabeça com ocorrências posteriores e possibilita maior economia na hora de solucioná-las. Para mais conteúdos como esse, siga a Brickup nas redes sociais e acompanhe os artigos em nosso blog.