6 dicas essenciais para gestão de projetos na construção civil


Elaborar projetos de forma assertiva e que garantam resultados satisfatórios, de acordo com o desejado, é fundamental para o sucesso da construção.

Sendo assim, a gestão de projetos abrange uma série de pilares que precisam ser bem estruturados para otimizar e garantir maior eficiência dos processos da execução da obra. Continue lendo para conhecer dicas sobre esses pilares indispensáveis.

  • Faça um planejamento detalhado das etapas

É inegável que a gestão do projeto precisa ser auxiliada por um bom planejamento, o qual deve definir a sequência de passos a serem seguidos no canteiro de obras e o tempo determinado para cada etapa. Assim, é possível perceber eventuais atrasos e outros desvios do planejamento e agir com assertividade para retomar o controle do projeto.


É importante que esse planejamento seja realizado em conjunto com os profissionais de diferentes áreas do projeto, desde o orçamento até a entrega da obra, para garantir que as atividades estejam integradas entre si.


  • Tenha um cronograma preciso

Relacionado ao tópico anterior, é necessário ter também um cronograma elaborado com precisão, afinal, tempo é dinheiro!


No cronograma, são detalhadas as entregas do projeto com seu tempo de duração, datas de início e de conclusão e profissionais envolvidos. Para garantir que a estimativa de duração esteja adequada, é possível utilizar uma obra já finalizada como referência.


Não se esqueça de apontar no cronograma o início (projetos arquitetônico, estrutural, elétrico, hidráulico), o planejamento (sequenciamento de atividades), a execução (dos itens pré definidos), o monitoramento (cumprimento do cronograma) e o encerramento (entrega do projeto e avaliações finais).


  • Utilize um software de gestão

Para facilitar a gestão do projeto e do andamento da obra, o uso de um software é indispensável, uma vez que ele permite a automatização de processos manuais e que demandam muito tempo, como o clássico e errôneo uso de planilhas. Além disso, todas as informações importantes sobre o projeto ficam centralizadas e disponíveis para consulta de todos os profissionais envolvidos. Sem contar a mobilidade proporcionada pela possibilidade de acessar informações relevantes a qualquer momento por meio de um dispositivo móvel. Que no caso da Brickup é 100% offline.

  • Utilize indicadores da construção civil

Os indicadores de desempenho da construção civil funcionam como um norte para que os gestores tenham uma noção real dos números e padrões a serem seguidos, facilitando a tomada de decisões efetivas. Dentre eles, os mais fundamentais são: prazos, satisfação dos colaboradores, satisfação dos clientes, qualidade das obras, produtividade, desperdícios e perdas, segurança no trabalho, fluxo de caixa e retorno sobre o investimento (ROI).


  • Elabore planos de ação

Os planos de ação consistem na análise dos riscos do projeto, sejam eles positivos ou negativos. O primeiro é chamado de oportunidade e beneficia o andamento da obra através de uma etapa adiantada, por exemplo. Já o segundo prejudica os processos no canteiro, uma vez que pode gerar atrasos e custos adicionais.


Por isso, os planos de ação são avaliar os riscos que podem surgir durante a obra e como eles podem ser aproveitados ou mitigados de acordo com seu caráter positivo ou negativo.


  • Mapeie os stakeholders do projeto

Stakeholder é qualquer pessoa ou órgão que tenha influência na execução da obra ou serviço considerado. É crucial ter bem definido esses agentes da construção, como fornecedores, clientes, vizinhos, equipe de obras e equipe de projetos. Também é importante se atentar aos órgãos envolvidos, como a prefeitura e o corpo de bombeiros e garantir que o projeto esteja de acordo com as legislações vigentes.


Agora que você já sabe os pontos essenciais para elaborar uma boa gestão de projetos na sua construtora, não hesite em colocar em prática.


E não deixe de seguir a Brickup nas redes sociais para acompanhar nossos conteúdos.